ANPEC 2011 - Q4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANPEC 2011 - Q4

Mensagem por temujin em Qua Jun 26, 2013 7:19 pm

Sobre a teoria do bem-estar em condições de Equilíbrio Geral, é correto afirmar que:

(0) A localização dos agentes na fronteira das possibilidades de utilidade encontra-se condicionada pelos pesos atribuídos aos mesmos na função de bem-estar social.

V. Podemos supor uma função de bem-estar na forma: , onde ai é o peso da utilidade do indivíduo i no bem-estar geral. Neste caso, o ponto de tangência de w com a FPU depende de ai.


(1) O Teorema da Impossibilidade de Arrow postula que as preferências sociais não são transitivas.

F. O teorema da impossibilidade de Arrow diz que se um mecanismo de decisão coletiva satisfizer as características necessárias para agregação de preferências, este mecanismo será ditatorial. Os rankings sociais serão os de uma única pessoa. As características são:

- preferências completas, reflexivas e transitivas ;
- se todos preferem x a y, então a preferência social deve rankear x a frente de y;
- as preferências entre x e y não dependem de como os indivíduos rankeiam outras alternativas.


(2) Se os ingressos para uma competição são disponibilizados de graça para alunos da rede pública, mas estes alunos estão impedidos de revendê-los, então a alocação de recursos gerada é Pareto-eficiente.

F. Só se a alocação inicial já for Pareto-eficiente.

(3) Qualquer distribuição desejada de bem-estar entre indivíduos numa economia pode ser alcançada de forma eficiente através do mecanismo de preço, se as dotações iniciais estiverem sobre a curva de contrato e forem ajustadas adequadamente.

F. Segundo Teorema do Bem Estar: Qualquer distribuição Pareto-eficiente pode ser atingida num mercado competitivo se as dotações iniciais forem ajustadas apropriadamente, desde que os agentes tenham preferências convexas.

(4) Suponha que 200 atacadistas operam como price-takers num mercado em que existem três bens (A, B e C), com as seguintes dotações: 1) 100 atacadistas possuem 10 unidades do bem A cada; 2) 50 atacadistas possuem 5 unidades do bem B cada; 3) 50 atacadistas possuem 3 unidades do bem C cada. Se a função utilidade dos atacadistas é dada por U=XA1/2 XB1/4 XC1/4 então no equilíbrio PB=2PA e PC=PA/4 .

F.

Podemos escrever as dotações como: e1=100(10,0,0), e2=50(0,5,0), e3=50(0,0,3).

Como a utilidade é Cobb-Douglas, temos as demandas Marshallianas:

e1:



e2:




e3:



Fazendo o market-clearing:



Usando a relação entre preços do enunciado:

avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum