ANPEC 2001 - Q10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANPEC 2001 - Q10

Mensagem por temujin em Qui Jun 27, 2013 3:35 pm

Considere uma economia de trocas com dois agentes, A e B, e dois bens, x e y. O agente A possui 2 unidades do bem x e 6 do bem y, enquanto o agente B possui 8 unidades do bem x e 4 do bem y. A função de utilidade do agente A é U(x, y) = 6x1/2 + y e a do agente B é V(x, y) = x + 2y1/2. Considere ainda a função de bem-estar social dada por W(V, U) = V + U.

Ⓞ No máximo de bem-estar social, o agente 1 recebe 1 unidade do bem x e 9 unidades do bem y.

F. Maximizando a função de bem-estar social:







Logo, A=(9,1) e B=(1,9)



① Os dois agentes preferem a alocação que corresponde ao máximo de bem-estar social à alocação inicial.

F. Basta substituir as alocações na função utilidade de cada agente:



Portanto, B prefere a alocação inicial.



② O máximo de bem-estar social é uma alocação eficiente de Pareto.

F. O gabarito diz que é V...Mas se fosse Pareto-eficiente, deveríamos ter TMSA = TMSB no ponto:



③ O máximo de bem-estar social é uma alocação igualitária.

F. Como visto no item (1), as utilidades de cada indivíduo são diferentes no máximo de bem-estar.

④ O máximo de bem-estar social é uma alocação justa.

F. Para ser justa, a alocação deve ser equitativa e eficiente. Ela não é equitativa, pois o agente B tem maior utilidade com a cesta de A:

avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum