ANPEC 2013 - Q2

Ir em baixo

ANPEC 2013 - Q2

Mensagem por temujin em Seg Mar 18, 2013 4:47 pm

Classifique as afirmativas abaixo como verdadeiras ou falsas:

(0) Supondo que a poupança e o investimento não dependam da taxa de câmbio real, o aumento das despesas públicas de uma pequena economia aberta provoca um aumento de suas exportações líquidas e uma ddepreciação de sua taxa de câmbio real.
F. Aumento nos gastos expande a renda e, portanto, aumenta as importações (diminui as exportações líquidas).

(1) Supondo que a popupança e o investimento não dependam de câmbio real, um aumento generalizado de despesas públicas no resto do mundo provoca um aumento das exportações líquidas e uma depreciação da taxa de câmbio real da pequena economia aberta.
Para mim, deveria ser falso. O gabarito diz que é V.
Um aumento na renda externa aumenta as exportações líquidas, deslocando a IS para a direita, o que aumenta a taxa de juros interna. Como a economia é pequena, a BP é horizontal, portanto haverá entrada de recursos até a taxa de juros voltar ao equilíbrio. Esta entrada de recursos faria a taxa de câmbio se apreciar.


(2) Em uma economia aberta, o governo é capaz de controlar a taxa de câmbio real, mas não a taxa de câmbio nominal.
F. A taxa de cambio real depende da razão entre preços internos e externos. Ainda que pudesse controlar os preços internos, o governo não poderia controlar os preços externos.


(3) Como as taxas de juros pagas pelos títulos brasileiros são superiores às taxas de juros pagas pelos títulos americanos, os investidores deveriam ter somente títulos brasileiros em carteira para que a paridade descoberta da taxa de juros seja válida.
F. Valendo a PDJ, para ter somente títulos brasileiros em carteira, as taxas de títulos brasileiras deveriam ser maiores que as dos títulos americanos, ajustadas pelo risco cambial.

(4) O overshooting da taxa de câmbio acontece em economias abertas que decidem fazer uma redução da taxa de juros superior ao que a condição de paridade de juros permite.
V. A PDJ estabelece que a taxa de juros interna de equilíbrio é igual a taxa de juros externa ajustada pelo risco cambial. Se a taxa interna diminui, a taxa de câmbio deverá se depreciar até os retornos se equilibrem novamente.

, onde Et+1e é a depreciação esperada para o período t+1 e Et é a depreciação cambial efetiva.
avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ANPEC 2013 - Q2

Mensagem por temujin em Qua Jun 26, 2013 10:32 am

(1) V.

De fato é verdadeiro..Evil or Very Mad

O aumento de gastos públicos no resto do mundo provoca uma redução da poupança agregada no resto do mundo (através da redução da poupança pública), o que provoca um aumento na taxa de juros internacional. Com isto, os capitais fluem da pequena economia para o resto do mundo, o que deprecia o câmbio.
avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum