ANPEC 2013 - Q7

Ir em baixo

ANPEC 2013 - Q7

Mensagem por temujin em Seg Mar 18, 2013 8:12 pm

(0) Segundo a Teoria da Renda Permanente, os consumidores gastam a renda transitória e poupam a maior parte da renda permanente.
F. A teoria diz que os consumidores suavizam o consumo ao longo da vida. Aumentos transitórios de renda geram pequenos aumento no consumo corrente. Aumentos permanentes geram aumentos maiores no consumo corrente.

(1) Segundo a função consumo gerada por um modelo do ciclo de vida, o consumo depende tanto da renda quanto da riqueza do consumidor.
V. O modelo do ciclo de vida considera todo o horizonte de vida do indivíduo.

(2) A falta de sensibilidade do consumo em relação à renda corrente pode ser causada por restrições de liquidez que impedem que os indivíduos peguem emprestado o suficiente para manter seu perfil regular de consumo.
F. Se os indivíduos não tiverem acesso ao crédito, o consumo tende a ficar ainda mais sensível à renda corrente, já que o consumidor não poderá suavizar.

(3) A teoria do investimento do Q de Tobin enfatiza que as decisões de investimento dependem não apenas das políticas correntes, mas também das políticas que se espera que prevaleçam no futuro.
V. O Q de tobin é dado pela razão entre o valor presente dos dividendos futuros e o custo de reposição do capital. Portanto, no VPL dos dividendos estão considerados os efeitos das políticas futuras.


(4) A vantagem do Q de Tobin como medida do incentivo ao investimento é o fato de que ele reflete a lucratividade corrente e a lucratividade futura esperada do capital.
V. Item(3)
avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum