ANPEC 2009 - Q3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANPEC 2009 - Q3

Mensagem por temujin em Qua Mar 27, 2013 11:00 am

Suponha que há 2 bens. O primeiro é infinitamente divisível, ou seja, pode ser consumido em qualquer quantidade e o segundo é um bem indivísivel, podendo ser consumido apenas nas quantidas y=0 ou y=1. O preço do bem divisível é p=10 e o preço do bem indivisível é q=30. O consumidor tem uma renda M=60 e sua função utilidade é dada por u(x,0)=x/2 e u(x,1)=2x-4.

(0) A quantidade do bem divisível que deixa o consumidor indiferente entre consumir ou não o bem indivisível é x0=2/3.

F. Igualando as utilidades, temos:



(1) A demanda marshalliana é (x*,y*)=(6,0)

V. Temos que comparar as utilidades nas duas situações, consumindo y=0 e y=1. Então,



(2) Suponha que o preço do bem divisível caia para p'=6. Então, o bem divisível, para essa variação de preço específica, apresenta caráter de bem de Giffen.

V. Fazendo a mesma análise, com o novo preço:



E, portanto, o bem é de Giffen.


(3) Suponha que o preço do bem divisível ainda é p=10. Se a renda do consumidor sobe para M'=70, então a nova demanda marshalliana é dada por (x**,y**)=(4,0).

F.



(4) Para qualquer variação de renda , o bem indivisível apresenta caráter de bem normal.
V.  




E, portanto, o bem é normal.
avatar
temujin

Mensagens : 397
Data de inscrição : 10/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum